Quebrada geral

Foram vários dias sem publicar neste blog, por absoluta falta de tempo – não de assuntos, que não faltam. Muito trabalho nos últimos dias.

Nesta semana foi fechada a chapa para o governo do Distrito Federal, encabeçada pelo senador Rodrigo Rollemberg, do PSB. O candidato a vice é o analista público Renato Santana, do PSD. O candidato ao Senado é José Antonio Reguffe, do PDT. A coligação “Somos todos Brasília” é integrada também pelo Solidariedade e pela Rede Sustentabilidade, que ainda não tem registro como partido.

A aliança entre Rollemberg e Reguffe e a participação na coligação do PSD (presidido por Rogério Rosso) e do Solidariedade (presidido por Augusto Carvalho) desmentem jornalistas, colunistas, blogueiros e palpiteiros que nos últimos meses apostaram que nada disso aconteceria.

Até no momento em que Rosso e Augusto sacramentavam a coligação, na 206 Sul, havia gente do PT dizendo que o presidente do PSD estava fechando acordo com Agnelo Queiroz. Com a candidatura de Reguffe já formalizada pelo PDT, havia quem dissesse que ele acabaria candidato a deputado ou ao Senado, mas na chapa do PT.

Nas eleições, como na guerra, a verdade é a primeira vítima.

E os palpiteiros, amadores e profissionais, e os propagandistas disfarçados de jornalistas são logo desmoralizados.

 

1 comentário

  1. 2 de julho de 2014 at 14:04 · Responder

    Reguffe ganha para o senado tranquilamente agora Rollemberg será apenas um expectador vai ficar em terceiro lugar, afinal de contas tem um mandato de senador por mais quatro anos e tentará a reeleição!! Para governador vai ser uma briga muito acirrada e será decidida no segundo turno entre Agnelo e Arruda e o resultado imprevisível. Aposto no Arruda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha Captcha Reload

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>