Quebrada geral

Foram vários dias sem publicar neste blog, por absoluta falta de tempo – não de assuntos, que não faltam. Muito trabalho nos últimos dias.

Nesta semana foi fechada a chapa para o governo do Distrito Federal, encabeçada pelo senador Rodrigo Rollemberg, do PSB. O candidato a vice é o analista público Renato Santana, do PSD. O candidato ao Senado é José Antonio Reguffe, do PDT. A coligação “Somos todos Brasília” é integrada também pelo Solidariedade e pela Rede Sustentabilidade, que ainda não tem registro como partido.

A aliança entre Rollemberg e Reguffe e a participação na coligação do PSD (presidido por Rogério Rosso) e do Solidariedade (presidido por Augusto Carvalho) desmentem jornalistas, colunistas, blogueiros e palpiteiros que nos últimos meses apostaram que nada disso aconteceria.

Até no momento em que Rosso e Augusto sacramentavam a coligação, na 206 Sul, havia gente do PT dizendo que o presidente do PSD estava fechando acordo com Agnelo Queiroz. Com a candidatura de Reguffe já formalizada pelo PDT, havia quem dissesse que ele acabaria candidato a deputado ou ao Senado, mas na chapa do PT.

Nas eleições, como na guerra, a verdade é a primeira vítima.

E os palpiteiros, amadores e profissionais, e os propagandistas disfarçados de jornalistas são logo desmoralizados.

 

Não é para qualquer um…

O estrangeiro desinformado que viu pela televisão o público do jogo no Itaquerão deve imaginar que o povo brasileiro tem pele branca, as mulheres são louras e quase todos têm cara e pose de ricos e bem de vida. O estrangeiro desinformado vai achar que no Brasil não há negros, nem mulatos, nem pobres, ou então os poucos que existem são dançarinos e jogadores de futebol.

É o padrão Fifa de público em estádios na Copa, no país das desigualdades sociais e do preconceito racial enrustido.

Melhor na bola

O juiz que marcou o pênalti que não existiu e o bandeirinha que deu uma falta em Júlio César porque sentiu “perigo de gol” da Croácia merecem ser condecorados pela presidente Dilma. Mas se a seleção brasileira tiver ajuda assim em outros jogos os adversários vão dizer que a Fifa já decidiu que a copa será do Brasil.

Há quem ache, infelizmente, que “roubado é mais gostoso”. Melhor mesmo é ganhar honestamente.

 

Mais uma do Barbosa

O ministro Joaquim Barbosa é um herói para a maioria dos brasileiros. Uns por boa-fé e por acharem que ele é realmente um lutador contra a corrupção, outros por ser ele o carrasco de odiados petistas, outros porque acreditam demais no que ouvem e leem na imprensa e acham que ele é mesmo um grande jurista e um homem correto e bom.

Mas se a sessão que a Ordem dos Advogados do Brasil no DF realizou ontem tivesse sido transmitida ao vivo, talvez alguns desses joaquinistas  mudassem de opinião. Nunca um ministro do Supremo Tribunal Federal foi tão desancado por advogados que subiram à tribuna e eram aplaudidos de pé pelos colegas.

Hoje, ao chamar seguranças para tirar um advogado da tribuna e provocá-lo quando ele não mais podia responder, Barbosa mostrou mais uma vez quem realmente é: um despreparado para ser juiz, imagine presidente da mais alta corte de justiça do país.

Quanto mais cedo o falso caçador de corruptos for descansar em seu apartamento de Miami, melhor.

Página 2 de 17612345678910...Última »